terça-feira, 27 de março de 2012

A calça


- E ai, companheiro? Fazer o que essa noite?
-Essa não tem acordo. É aniversário da patroa. Inclusive, ficaria muito satisfeito e devedor de um favor se você passar o presente para ela no seu cartão. A depois te pago...
-Oxente, você bem sabe como estimo dona Cléia e muito. Ainda te ajudo a escolher o presente.
-Ja esta decidido que levarei uma bermuda. Não carece de ajuda não. O que agrada minha mulher, eu conheço.

Mais tarde, na loja:
-Tô dizendo, companheiro. Tô dizendo: essa calça não dá na sua mulher, não.
-Por toda consideração que lhe tenho: não se meta com o tamanho da... da...Quer dizer, com o tamanho da roupa que minha mulher veste.
-Companheiro, relaxe. É só uma opinião pelo que vejo assim por alto, mas leva o que você quiser. Afinal, você que bem conhece né? A mulher é sua.  


No dia seguinte: 
-Companheiro, vai fazer o que essa noite?

-Rapaz, queria até falar contigo. Vamos ali?
-Opaaa! Hoje a farra é onde? 
-Na loja.
-Que loja, rapaz? Não... Não diga... Hahahahahaaaaa!
-Mais respeito, rapaz. Capaz  de ser mesmo o que está pensando. A mulher amou o modelo  da calça, fez gracinha e tudo, mas eu o tempo todo só pensava no tal tamanho da calça. Ainda tive que ouvir: "Benzinho, é linda! Só que minha medida é uma a mais que essa. Achei que conhecesse bem o que tem em casa, rs".
-É companheiro tem que conhecer, viu? Quem avisa amigo é. Eu não disse?
-Sim... mas e você. Como sabia?
-Rapaz, ta  desconfiando  do amigo aqui? Olhos só pra minha esposa e concluo que elas tenham aproximadamente as mesmas medidas.
-Mas com tanta precisão?
-Não aceito esse tipo de suspeitas entre nós, amigo. A loja foi qual mesmo? Nem lembro...

Seguiram juntos à loja, sem mais dialogarem sobre, cada um com seu pensamento:
-Que onda! Admirar a bunda da mulher dos outros...

-Que onda! Nem conhece o que tem em casa e eu tenho que dar conta por mim e pelos os outros. Aposto que ele não entendeu que só quis ajudar...

 E jamais conversaram novamente sobre a tal calça. Quer dizer... entre eles né? Porque até hoje na roda de amigos, quando se unem, há um deles que quando pra lá do quinto copo, grita:  "E a calça? Quem lembra?"


* Baseado em fatos reais. Assim disseram...

Um comentário:

  1. vixii ! Que sensação de constrangimento ... calças never more ! rs

    ResponderExcluir