sexta-feira, 1 de julho de 2011

Por perceber-se assim

Não que quizesse ser assim, mas por perceber-se assim...
Por amar sorrisos,
Por ser fissurada por borboletas,

Por não amar cor-de-rosa,
Por lembrar das pessoas pelo seu olhar,
Por emocionar-se ouvindo música,
Par amar as letras "P" e "M" não sabendo por que parafernalha,
Por não saber comportar-se perto de quem gosta,
Por só discutir pra valer com quem gosta muito,
Por sentir-se ora uma gota, ora um oceano,
Por assistir quando deveria protagonizar,
Por achar belo o número 21(Vá entender...)
Por intolerar indiferença
Por ser hipócrita,
Por rir para não chorar,
Por estravazar em momentos inesperados,
Por ser desorganizada,
Por preferir salgados e crocantes.
Por ser fascinada por sons,
Por chamar por Jah ao sentir vontade de xingar,
Por tentar omitir sentimentos apesar de ser péssima nisto,
Por despertar do sono e passar madrugadas afora, fora de si, perdida em leituras,
Por não sentir-se nem menina, nem mulher
Por falar demais,
Por dispirocar ao ouvir na rádio na canção inesperada(apesar de sabê-la de cor),
Por dedicar a pessoas queridas canções, melodias, poemas,
Por não importar-se em contrariar seus iguais,
Por não gostar de dar satisfações,
Por ser invadida pela instabilidade e ser vista como "equilibrada",
Por amar pipoca, macarrão, reggae, MPB e gente,
Por apaixonar-se todos os dias,
Por colecionar cartas,
Por discordar de Platão apesar de compreendê-lo.

Um comentário:

  1. rsrs
    belas palavras
    por toda sinceridade que há em cada uma delas...

    ResponderExcluir